Como compor renda na hora do financiamento?

Não tenho certeza, mas creio que não são todos os bancos que permitem compor renda na hora do financiamento. Sei que a Caixa Econômica Federal é uma das que permitem essa composição, que pode ser a única solução para a compra de um imóvel.

Para liberar um financiamento, você tem que garantir para a CEF que o valor das parcelas mensais não ultrapassará 30% da sua renda total. Na hora da liberação de crédito existe a análise feita em cima do salário do casal para ver se o financiamento não ficará superior aos 30%. Se ficar, provavelmente não será aceito.

Mas e ai, como fica?

Existe a possibilidade da composição de renda que, como o nome já diz, ajuda na hora de compor a renda para conseguir atingir os 30%, que é nada mais que somar mais salários à renda total.
É uma coisa muito delicada, pois a pessoa passa a fazer parte do financiamento e a ter direitos sobre o imóvel, por isso especialistas recomendam que isso seja feito com parentes próximos, como pais, mães e irmãos. No caso dessa pessoa já ser casada e não possuir separação total de bens, creio que não dê para fazer ou então deve existir uma carta onde o parceiro “abre mão do bem”. No caso, eu realmente não sei afirmar, então indico que vocês busquem ajuda de um advogado, mas já da para ter noção mais ou menos de como funciona.

Man signing mortgage contract

“A composição da renda para o financiamento acaba se tornando uma ótima alternativa para quem deseja comprar um imóvel, mas não tem renda individual suficiente para tomar o crédito. Ou então não teria renda para comprar aquele determinado imóvel”, explica a superintendente da Regional Centro do Rio de Janeiro da Caixa, Nelma Souza Tavares.

Com a composição, a pessoa passa a ter direitos sobre o imóvel, como já disse, então qualquer eventual assinatura ou decisão, a pessoa teria que estar presente. Isso pode ser facilmente resolvido com uma procuração (modelinho aqui). É uma boa também para a pessoa ter menos responsabilidade possível com essa participação (aka não precisar perturbar sempre que for necessário).

Importante lembrar que o tempo de financiamento é calculado em cima da idade da pessoa mais velha, ou seja, se eu tenho 23 anos e minha mãe 50, o financiamento será calculado baseado na idade dela e eu não conseguirei financiar o maior tempo permitido pela CEF. Isso pode se tornar um ponto negativo, por que quanto menor o tempo, maior a parcela. Mas vocês podem dar uma conferida nisso no próprio site da CEF. É só juntar as rendas, colocar a idade do mais velho, e ver a opção de financiamento. Legal testar com as duas idades para ver a diferença!

Depois de algum tempo é possível desfazer essa “união”, porém, a CEF irá somar todos os valores novamente e reajustar o financiamento. Então, não adianta desfazer a composição de renda se sua renda realmente não aumentou. : )

Advertisements

One thought on “Como compor renda na hora do financiamento?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s